terça-feira, 23 de dezembro de 2008

As meninas




Atrás de cada porta há um fantasma
e por baixo das saias da pequena infanta erguem-se castelos com escadas de açúcar
não levam a lado nenhum porque nada leva a lado algum.
Velásquez vê as notícias em tela de marca - Portugal foi perdido e das Américas vêm pouco ouro,
a seguir dá "apocalipse now" depois de umas quantas guerras
A História Universal é de um tédio avassalador e
o tempo não é passageiro porque o tempo não existe,
se existisse também não seria passageiro
Velásquez e as meninas hão de ver com pouco interesse agora num plasma
é perigoso desenhar
no quarto ao lado as infantas brincam no hi5 e alisam os cabelos tristemente.

4 comentários:

blankbluebooker disse...

Nuno, gostei muito. gosto sempre das colagens que fazes de sítios e tempos diferentes. por falar de tempo, gostei sobretudo da passagem: "o tempo não é passageiro porque o tempo não existe,
se existisse também não seria passageiro".
é muito complicada e faz-me pensar. vou copiar para o meu caderno!
R

Marlene disse...

Gosto da versão meninas hi-tech e da referência ao tempo da arte. A arte tem tempo ou é intemporal? Acho que a arte intemporal veste-se de qualquer época. Por isso não me espanta nada que as infantas vistam Prada e ponham extensões no cabelo.

josé ferreira disse...

Nuno mais uma vez vez a tua abordagem é absolutamente pessoal e feita de um universo de misturas bem conseguidas. Gostei particularmente "castelos com escadas de açucar" e "história universal é um tédio avassalador" bem como a bem conseguido paradoxo do tempo e do passageiro.
AS tuas poesias são diferentes fazem falta ao blogue continua a publicar!
Parabéns!

Joana Espain disse...

Gostei mesmo muito do poema em tom de relato, de desalento. De como é, e sempre foi, comum a prisão que no quadro aparece, de como no poema quase se desiste e é cansativo falar no assunto:

'não levam a lado nenhum porque nada leva a lado algum.'

'A História Universal é de um tédio avassalador e
o tempo não é passageiro porque o tempo não existe'

'no quarto ao lado as infantas brincam no hi5 e alisam os cabelos tristemente.'


Parabéns!