segunda-feira, 22 de junho de 2009

Crepúsculo


3 comentários:

Joana Espain disse...

Aqui está a retina dos poemas! Parabéns pelo poema e que descanso nesta imagem..

Obrigada

Yaiks disse...

Foi um pôr-de-sol magnífico muito pouco usual para as praias do nosso
norte no último domingo. As fotografis registei-as na pouca qualidade do telemóvel (não havia roleiflex) e olhar de um mar calmo inspirou o poema.

Obrigado Joana

josé ferreira disse...

Yaiks outra vez!Leia-se José este nome é do meu filho.Desculpa!