terça-feira, 23 de junho de 2015


Houve um dia, na história do tempo, que não teve ontem.
Enganou-se o tempo e o dia ficou.

Toda a minha presença são palavras,
às vezes penso, às vezes existo.


Teresa Freitas