quarta-feira, 4 de julho de 2012

Se tanto me dói que as coisas passem - um poema de Sophia


                            Wily Roni

Se tanto me dói que as coisas passem É porque cada instante em mim foi vivo Na busca de um bem definitivo Em que as coisas de Amor se eternizassem Sophia de Mello Breyner Andresen

1 comentário:

Aline Carla disse...

SIMPLESMENTE LINDO!
BOM FIM DE SEMANA POETA! BEIJOS.