sexta-feira, 8 de abril de 2011

as imagens na pedra rolante e redonda


Fotografia retirada da internet

as primeiras e as últimas em diálogo
imagens na pedra rolante e redonda
onde as faíscas fazem o fogo: o levantar de ombros
cérebro e mãos, pálpebras e folhas percorridas
os discursos directos do passado, os dias finitos
as conclusões quotidianas: as estrelas importantes.
os sonhos são críticos na sequência alucinante do desvio
e a vida suspensa, surpresa, incompleta, sempre, caminha
nas fragilidades verdes dos braços resistentes
nas heras ascendentes de um mundo de paredes;
e lança a semente cautelosa
o desejo das rosas, o medo dos espinhos
na hora incerta dos destinos -

José Ferreira 8 Abril 2011

1 comentário:

Emoções disse...

Que belas palavras...
Voltarei sempre.
Fica na paz.