quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Poema em linha recta

Realmente quem, aos dezassete anos, declama e performa assim poesia, ainda para mais do Álvaro de Campos, merece destaque (Obrigado ao José Almeida que me deu a conhecer o jovem talento).

3 comentários:

Leonardo B. disse...

[o que à partida parecia mais um programa de "sucessos instantâneos", afinal parece ter pelo menos um bom motivo para se seguir... se não houverem mais, o que seria óptimo.]

um abraço,

Leonardo B.

josé ferreira disse...

Leonardo,
desde os extintos programas de Mário Viegas e João Villaret pouco têm feito as televisões pela divulgação da poesia. O interesse bacoco pelo formato de concursos e telenovelas coloca em segundo plano tudo o resto, e a verdade essencial é que na sociedade de ecrãs em que vivemos, as pessoas consomem o que lhes colocam à frente. estranho é que a simplicidade de cinco minutos de poesia diária, num pequeno intervalo, antes ou depois do telejornal, teria concerteza o interesse e o enlevo na alma das pessoas da mesma forma que aconteceu com o entusiasmo daquele público no Teatro Circo de Braga que também não estava preparado para nenhuma performance de poesia e à qual provavelmente não compareceria antes da necessária educação e habituação. É preciso um pouco mais de cultura, a qual como bem sabemos só faz bem. Mas é como o Leonardo diz, quem sabe não aparecem outros.

Abraço
José

Anónimo disse...

Não conhecer o rapaz deixa-me mais à vontade para lhe deixar aqui a ligação a um canal do youtube em que esbarrei antes de o voltar a encontrar na televisão.

http://www.youtube.com/user/Dizedor