terça-feira, 16 de junho de 2009

Porque um dia voltaremos



Gostava de partilhar convosco um poema muito especial para mim. Aconteceu na última aula de Português de uma das minhas turmas de 10º Ano. Um poema da autoria de todos os alunos, tocados pela magia da palavra poética, neste último mês de aulas. Um texto que poetiza momentos do percurso escolar, deles e meu. Um texto cheio de reminiscências, minhas e deles. Um texto/poema que dá resposta a um dos desafios que lhes lancei - enquanto escrevemos, permanecemos...

Obrigada a eles por aceitarem o desafio, obrigada a vós por os receberem neste espaço dedicado à poesia e protegido pelos poetas...



Um dia cheguei
não sei bem como, ainda,
e permaneci.


sou escritor de mim.
enquanto escrevo
permaneço.


e houve um tempo em que escrevi
sob baloiços de outono,
passando pelos contos
até ao poema,
aquele que cresce na carne.

nas páginas de uma aula
aprendi a voar.

reencontramo-nos (intrinsecamente)
num abrir de asas.

Porque um dia voltaremos.



Alunos da Turma D/E, Colégio Luso-Francês

2 comentários:

josé ferreira disse...

Olá Auxília
é muito bom ouvi-la de novo neste mar de poesias, no "sítio certo" das ondas. Os poemas têm que ser sentidos e essa é a melhor forma de crescer e tactear a alma. Uma vez solto o pano da descoberta, "permanece".
Obrigado pelos poetas novos, os futuros, e pela permanência desde o primeiro dia neste blogue na certeza de que quanto aos versos, sempre "um dia voltaremos".

Até breve

Maria Celeste Carvalho disse...

Também eu gostei de voltar a ouvi-la, Auxília!
Parabéns à Professora poetisa e parabéns aos alunos, jovens poetas, por terem a sorte de serem ensinados e orientados por Si!
"Um dia voltaremos", claro!

Abraço

MC