sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Um poema de que gosto

Fico admirado quando alguém,por acaso e quase sempre
sem motivo, me diz que não sabe o que é o amor.
eu sei exactamente o que é o amor. o amor é saber
que existe uma parte de nós que deixou de nos pertencer.
o amor é saber que vamos perdoar tudo a essa parte
de nós que não é nossa. o amor é sermos fracos.
o amor é ter medo e querer morrer.

José Luís Peixoto

3 comentários:

Rio disse...

o amor é sermos fracos. é, também, ter a força do infinito.

obrigada José

Nuno Brito disse...

O amor não é nada disso! Fritem o José Luis Peixoto com mel

blankbluebooker disse...

é provavelmente a melhor definição de amor que já li...